O Que é Vertigem? Entenda os Sintomas, Causas e Tratamentos

vertigem

Introdução à Vertigem

A vertigem é uma sensação de desequilíbrio ou movimento, mesmo quando você está parado. É um sintoma que pode ser bastante perturbador e pode afetar significativamente a qualidade de vida. A vertigem não é uma doença por si só, mas um sintoma de várias condições subjacentes que afetam o sistema vestibular, o qual controla o equilíbrio. Neste artigo, vamos explorar os sintomas, causas e tratamentos da vertigem.

Sintomas da Vertigem

Os sintomas da vertigem podem variar de leves a severos e podem incluir:

Sensação de Movimento ou Rotação

A característica mais comum da vertigem é a sensação de que você ou o ambiente ao seu redor estão girando ou se movendo. Esta sensação pode ser descrita como um turbilhão ou uma rotação.

Perda de Equilíbrio

Dificuldade para manter o equilíbrio, o que pode resultar em quedas ou tropeços. A perda de equilíbrio pode ser particularmente perigosa para idosos.

Náusea e Vômito

A vertigem pode causar náusea e, em casos mais graves, vômito. Estes sintomas são frequentemente desencadeados pela sensação de movimento.

Tontura

Sentir-se tonto ou com a cabeça leve é comum. A tontura pode ser um sintoma independente ou acompanhar a sensação de movimento.

Zumbido no Ouvido

Algumas pessoas com vertigem também podem experimentar zumbido no ouvido (tinnitus), um som de chiado ou zumbido constante.

Visão Embaçada ou Movimentos Oculares Anormais

A vertigem pode causar dificuldades visuais, como visão embaçada ou movimentos oculares involuntários conhecidos como nistagmo.

Causas da Vertigem

A vertigem pode ser causada por várias condições, incluindo:

Vertigem Posicional Paroxística Benigna (VPPB)

A VPPB é a causa mais comum de vertigem. É desencadeada por mudanças na posição da cabeça, resultando no deslocamento de pequenos cristais de cálcio no ouvido interno.

Labirintite

A labirintite é uma infecção ou inflamação do labirinto, uma parte do ouvido interno que controla o equilíbrio. Esta condição pode causar vertigem intensa e súbita.

Doença de Ménière

A Doença de Ménière é uma condição crônica do ouvido interno que causa episódios recorrentes de vertigem, perda auditiva, zumbido e sensação de pressão no ouvido.

Neurite Vestibular

A neurite vestibular é uma inflamação do nervo vestibular, que conecta o ouvido interno ao cérebro. Causa vertigem severa, mas geralmente não afeta a audição.

Enxaqueca Vestibular

Algumas pessoas que sofrem de enxaqueca também experimentam vertigem, conhecida como enxaqueca vestibular. Este tipo de vertigem pode ser acompanhado por sintomas típicos de enxaqueca, como dor de cabeça, sensibilidade à luz e ao som.

Traumatismo Craniano

Lesões na cabeça ou no pescoço podem danificar o sistema vestibular, resultando em vertigem.

Problemas Circulatórios

Condições que afetam o fluxo sanguíneo para o cérebro, como hipertensão, derrame ou doenças cardiovasculares, podem causar vertigem.

Diagnóstico da Vertigem

O diagnóstico da vertigem envolve uma avaliação completa dos sintomas e um exame físico. O médico pode solicitar exames adicionais, como:

  • Teste de Nistagmo: Para observar movimentos anormais dos olhos.
  • Teste de Manobra de Dix-Hallpike: Para diagnosticar a VPPB.
  • Exames de Audição: Para avaliar a função auditiva.
  • Imagem por Ressonância Magnética (IRM): Para detectar anomalias no cérebro ou ouvido interno.
  • Exames de Sangue: Para identificar problemas metabólicos ou infecciosos.

Tratamentos para Vertigem

O tratamento da vertigem depende da causa subjacente. As opções incluem:

Medicamentos

  • Antivertiginosos: Medicamentos como meclizina ou dimenidrinato podem ajudar a aliviar os sintomas de vertigem.
  • Antieméticos: Para controlar a náusea e o vômito.
  • Corticosteroides: Para reduzir a inflamação em casos de neurite vestibular.
  • Antibióticos ou Antivirais: Se a causa for uma infecção.

Fisioterapia Vestibular

A fisioterapia vestibular envolve exercícios específicos para melhorar o equilíbrio e reduzir a vertigem. É especialmente útil para condições como a VPPB e a neurite vestibular.

Manobra de Reposicionamento

Para a VPPB, manobras específicas, como a manobra de Epley, podem reposicionar os cristais de cálcio no ouvido interno, aliviando a vertigem.

Mudanças no Estilo de Vida

Evitar movimentos bruscos da cabeça, manter uma dieta balanceada e controlar o estresse podem ajudar a reduzir a frequência e a intensidade dos episódios de vertigem.

Cirurgia

Em casos raros, pode ser necessária a cirurgia para tratar problemas subjacentes que não respondem a outros tratamentos.

Conclusão

A vertigem é um sintoma complexo que pode resultar de diversas condições subjacentes. O diagnóstico preciso e o tratamento adequado são essenciais para aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida. Se você está experimentando vertigem, consulte um profissional de saúde para uma avaliação completa e um plano de tratamento personalizado.

Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Deixe seu e-mail para receber todas as nossas novidades

Loading

Descubra as 7 Medidas Universais de Prevenção de Quedas!

A maioria das quedas em idosos pode ser evitada! Criamos um guia prático para ajudar você a identificar e eliminar os riscos de queda em casa. Insira seu e-mail para receber seu guia gratuito agora mesmo.

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.